20/05/2006

jazz air musicians awards


Prezados navegantes,
Segue com o vento na popa o concurso para eleger o músico (profissional) que pensa que toca jazz: aquele mascarado que sabe, como ninguém, fazer caras & bocas em suas apresentações pífias. O vencedor levará o troféu jazz air musician 2006. A disputa segue acirrada (leiam os comentários).

PS - Substituimos o cartoon porque o desenhista não cedeu os direitos. Assim sendo, apelei para toda minha criatividade e criei o layout do evento e, de quebra, os troféus: serão balões de gás em cores específicas para cada categoria contemplada.

13 comentários:

Salsa disse...

haverá subdivisões do prêmio: o marketeiro; por instrumento; solos insuportáveis; não deveria ter nascido; e tudo mais que a mente sadia do navegador puder inventar.

Anônimo disse...

Tem razão Mr. Lester. Ornette Coleman é excelente candidato pro prêmio lato sensu. Marketeiro? Miles Davis, é claro. Por instrumento? Aí tem de pensar. Solos insuportáveis? John Coltrane paparia o prêmio por seus solos da fase de derviche em órbita, se não fosse pelo excepcional desempenho de Archie Shepp no cd Spirituals: bota insuportável nisso. Não deveria ter nascido? Fácil: Todos os conga players que contaminaram bons discos de jazz com o vírus do pior mau gosto do planeta Percussão.

Reinaldo Santos Neves
Presidente ad hoc do
Clube das Terças-feiras.

Anabelise Krügger disse...

Meu voto para a categoria SOLISTAS INSUPORTÁVEIS vai para o indefectível saxofonista Peter Brötzman. Matem-no, please !

Deoclécio disse...

Como é mesmo o nome daquele sanfoneiro metido a tocar jazz? Eu voto nele no quesito instrumento chato.

Ausente disse...

O sanfoneiro é Van Damming, creio (o nome já é uma provocação). O meu voto vai para a categoria "disco dispensável": Miles tocando Porgy & Bess.

Pedro Nunes disse...

Serve roquenrol não? Pra mim esses caras do jazz são todos uns firuleiros. Agora do roquenrol a gente entende um pouquinho. Meu troféu iria para Robert Plant (que só canta bem no estúdio) e Jimmy Page (idem, mas tocando).

Bom baixista gaucho disse...

Eu voto no solo do contrabaixo. Na grande maioria dos discos é praticamente inaudível

Maurício Torres - SC disse...

Meu voto para o pianista que vomita mais em cima da platéia vai para Keith Jarrett, o cuspidor de Viena.

Reinaldo Santos Neves disse...

Possível esclarecimento

Creio ter sentido nas entrelinhas do comentário de Dioclécio um santo odor de ironia, razão por que apostaria que o sanfoneiro a que se refere não é Van Damming, como entendeu Ausente, mas sim o inefável Astor Piazzolla.

Mas tem gente que gosta, sobretudo gaúchos, que, expostos aos eflúvios de tango vindo do sul do sul no sopro do minuano e aí perdem o senso crítico-auditivo.

Se for Piazzolla, concordo com Dioclécio. Se for Van Damming, não posso opinar: nunca ouvi, nem quero.

Reinaldo Santos Neves

Anônimo disse...

eu acho que o nome correto do acordeonista (jazzista) america é ART VAN DAMME...

ausente disse...

é melhor explicar o trocadilho com o nome do sanfoneiro...

Nanana disse...

Então explica, ausente...

ausente disse...

olha no dicionário de inglês o que significa damn, damned.