06/08/2006

Brazil Jazzseen

.
É com prazer que Jazzseen passa a oferecer ao amigo navegante um novo espaço musical, dessa vez dedicado exclusivamente aos músicos brasileiros que produzem música instrumental de qualidade. Alguns ouvintes mais radicais poderiam considerar que estaríamos traindo nosso amor original: o jazz. Por isso foi criado um espaço próprio, o Brazil Jazzseen, que você pode acessar facilmente- basta clicar no link acima, à direita. Se quiser ouvir ouvir nossa seleção de estréia enquanto lê nossa resenha sobre Vittor Santos, basta clicar na radiola abaixo:
.
.
O carioca Vittor Santos começou com a tuba, aos doze anos. Mais tarde passou para o trombone, abandonou a escola e, aos quatorze, saiu fazendo música pelo mundo. Já gravou vários álbuns de grande qualidade, entre eles Trombone, lançado em 1994 pela Leblon Records. É desse álbum que retiramos as seguintes faixas:

1) Folhas Secas (Nelson Cavaquinho)
2) Luíza (Tom Jobim)
3) As Rosas Não Falam (Cartola)
4) Feitio de Oração (Vadico).

Acredito que não poderíamos começar nosso Brazil Jazzseen de forma melhor. Mas, qualquer sugestão do amigo navegante é sempre bem-vinda. Boa audição!

6 comentários:

alberto disse...

Cada dia melhor!

bet disse...

Gostei muito de Luíza e as Rosas Não Falam, simplesmente lindo.

Parabéns, o blog está cada dia melhor.

Salsa disse...

Tem uma entrevista legal do Vítor no blog Charuto e jazz.

renato lyra disse...

Excelente seleção. Já vi que a turma por aqui não conhece apenas jazz. Valeu!

olneyfig disse...

Muito boa a idéia de inserir um "Gramaphone" brasileiro; nossos músicos estão entre os melhores do mundo e não farão feio aqui entre todos os "cobras" do jazz!
Parabéns!!!!!

Internauta véia disse...

Muito bom...