01/09/2006

Mr Lee

Estou agora ouvindo o disco de Phil Woods, Lee Konitz e Enrico Rava - Play Rava, gravado durante o festival de jazz de Umbria de 2003. A justa homenagem ao trompetista italiano é recheada de bons momentos. Destaco o tema Full of life e a interpretação da jobiniana Retrato em branco e preto (com a participação da cantora Barbara Casini). O italiano Rava tem se destacado no meio jazzístico contemporâneo pela sua expressividade e merece ser ouvido com atenção. A cozinha é italiana: Stefano Bollani (p), Ares Tavolazzi (b) e Roberto Gatto (d) que seguram a onda numa boa. Woods e Konitz são tótens, não há muito mais o que falar desses caras. Mas ontem (quinta-feira), Victor Biglione me contou um "causo" curioso (após o show no Teacher's Pub): há alguns anos atrás, ele, Nico Assumpção e outros foram convidados para participar da gravação do disco de um saxofonista americano (o empresário não disse o nome, só o cachê). A rapaziada chegou lá, gravou e nem deu bola pro gringo até que, lá pelas tantas, o Nico perguntou o segundo nome do saxofonista (o pessoal só se referia a ele como mr. Lee) e só então descobriram que estavam gravando com Lee Konitz. Pelo que parece, essa é a característica de Konitz: super desencanado, sem acessos de estrelismos. Deixarei uma faixa no Gramophone by Salsa.

14 comentários:

Anônimo disse...

Salsa,
e esta história do Biglione rendeu um disco chamado LEE KONITZ IN RIO !

Agora, esse Rava é coisa séria ...

Abraço,
Guzz

Salsa disse...

Mr. Guzz, o disco é esse mesmo, mas, eu confesso, não o ouvi ainda.

John Lester disse...

Great!

I need one copy, please.

Salsa disse...

Eu não ouvi , nem tenho.

Anônimo disse...

Pô, vc escreveu "G" o tempo todo em vez do "R"....

Anônimo disse...

O tópico era do Rava mas vai a ficha técnica do Lee Konitz In Rio :
Lee Konitz - Sax
Nico Assumpção - Baixo
Carlos Bala - Bateria
Luiz Avellar - Teclados
Victor Biglione - Guitarra
Armando Marçal - Percussão

abraço
Guzz

Salsa disse...

É vero! onde se lê Gava leia-se Rava. Putz! Vou arrumar a casa...

Gusmão disse...

Salsa, Konitz tocava muito na época do Lennie Tristano. Depois ficou muito chato, quase insuportável.

Mineirim disse...

ô, povo exigente, sô.

ravoso disse...

Música tão boa que dá até rava na gente.

Anônimo disse...

Olá. Gostaria de saber se existe alguma gravação do Enrico Rava com o Nico Assumpção? Eu sei que ele fizeram umas apresentações no Jazzmania no Rio.

Anônimo disse...

Um ano e alguns minutos depois.Salsa, o mesmo pessoal do Zimbo quando tocou com o Konitz na primeira edição do extinto Chivas Festival detestaram o sujeito.Levaram todos "pimpões" discos pra ele autografar de sua coleção pessoal no ensaio.E ,segundo afirmaram, o Konitz ja demonstrou-se enfastiado em assinar as capas dos vinís.E ,durante a apresentação, que assistí,defintitivamente, não rolou "quimíca".Edú

g picanco disse...

Pois tem gravação do Enrico Rava no Jazzmania com o Nico, Robertinho Silva, Luiz Avellar e Ricardo Silveira.
Estou acabando de ripar de fita k7. Tres fitas.
Ainda falta dar uma limpeza.
Assim que der umjeitinho coloco em Rapidshare.

Entrei no google para ver se achava a data dessa gravação (acho que foi 85 ou 87). Se der, nessa sexta pergunto ao Mrcos Ariel que era quem tomava conta da programação.

Tem um Holiday for Strings primoroso.
Muitos dos temas não reconheci.


Geraldo Picanço

g picanco disse...

Passei uma das fitas k7 para mp3 (192), com uma limpeza básica.

Tem o Holiday for string e um Round midnight.

Coloquei no rapidshare.

http://rapidshare.com/files/124802503/EnricoRava_-_Jazzmania_2.zip

gpicanco