18/10/2006

Dexter Gordon: outro sósia de Garibaldi.

Esse sujeito tem um sopro forte. Não se trata, porém, nem do lobo mau, nem de Éolo, mas sim de Dexter Gordon. Esse é o cara. O som de seu tenor é carregado de testosterona e, mesmo nos momentos mais líricos, essa característica não naufraga. Há muito tempo eu planejo dedicar algumas linhas a esse ícone do jazz e só hoje realizo a tarefa. Durante os anos quarenta, ele participou de algumas big bands e rapidamente se destacou com a sua habilidade para construir solos (comenta-se até hoje os duelos com Wardell Grey e Teddy Edwards). Para não fugir do lugar comum, Dexter também se enterrou nas drogas durante os anos cinqüenta, fato que rendeu-lhe temporadas em cana e prejuízos para a sua carreira (êpa!) e, como vários outros jazzistas, também picou a mula para a zoropa. Contudo, durante a primeira metade dos anos sessenta, ele gravou uma série de dez discos pela Blue Note que ainda fazem a alegria dos jazzófios de plantão. Esses discos foram relançados em uma caixa sob o título The complete Blue Note sixties sessions e, caso vocês encontrem no mercado, vale cada centavo gasto. O nosso hollywoodiano jazzista (lembrem-se que ele foi o protagonista do filme 'Round midnite) está acompanhado por, entre outros, Donald Byrd, Ron Carter, Pierre Michelot, Niels-Henning Ørsted Pedersen, Paul Chambers, Sonny Clark, Kenny Clarke, Kenny Drew, Freddie Hubbard. A sacanagem maior é ter que escolher duas ou quatro faixas entre quase sessenta para postar no Gramophone by Salsa.

8 comentários:

ouvinte disse...

nem duas, nem três nem quatro. Só tem uma faixa no gramophone

bia disse...

Nada como acordar na madrugada e ouvir o jazzseen...

laranjeira disse...

Eu ouvi duas. Muito boas, aliás.

transeunte disse...

As primeiras declarações políticas de Clodovil Hernandez:
Horário eleitoral - essa eu li lá no contraovento: Declarações do deputado Clodovil:
* - Adoro esse clima na política, porque um mete o pau no outro..
e eu que não sou bobo nem nada, viro de costas.

* - O primeiro projeto que tenho em mente é liberar o 'rodoanel'.

* - Sou o único político que não tenho o RABO preso

Salsa disse...

Prezado transeunte, e o que dexter gordon tem a ver com o rodoanel de Clodovil?

predador disse...

Finalmente a luz: Dexter Gordon The Complete Blue Note Sixties Sessions (anos 61 a 65), uma das melhores fases de Gordon, e todos os discos são ótimos. Jazz sério é isso aí. Parabéns, Sr. Salsa, e não fique tão nervosinho às minhas ácidas mas sinceras intervenções.

Salsa disse...

nervosinho?!? Eu?!? P*@#*&~º°ª£¬*#§!!!!

John Lester disse...

Nada como alguém para nos dizer o que é e o que não é jazz. Hitler também pensava ter esse dom de saber o que é e o que não é gente.

JL.