21/11/2006

Branco De Bochecha Negra

.
Com suas bochechas rosadas nascidas na Yugoslávia de 1931, Dusko estudou trompete na Academia de Música de Belgrado. Na década de 1950 já estava no festival de jazz de Newport, de onde seguiu para Berklee, reforçando seus estudos. Como costumavam fazer os melhores alunos de Berklee, Dusko foi tocar com Maynard Ferguson e Woody Herman. Voltando à Europa, tocou com Sal Nistico, Slide Hampton e Kenny Clarke. Com um pé no folclore natal e outro no bebop, Dusko Goykovich tem uma sonoridade que muito me lembra Art Farmer misturado com, vejam só, Clifford Brown! Claro que sua leitura é mais moderna, podendo ser enquadrado com tranquilidade no post bop dentro de uma linha neo-tradicinalista semelhante à escola de Wynton Marsalis. Mas uma coisa é certa em sua música: a alma negra está lá. Quem aprecia um tropete de primeira, com um pé na tradição e outro na inteligência, pode ouvir Dusko sem medo. No Brazil Jazzseen deixo a faixa No More Blues retirada do álbum Samba do Mar, lançado pela Enja em 2003. Afinal: qual a cor das bochechas de Dusko Goykovich?

3 comentários:

Salsa disse...

Gostei mais desse do que do pedersen e cia.

flávio bh disse...

Beleza de horn!

Anônimo disse...

Hello to every body, it's my first pay a quick visit of this web site; this weblog contains remarkable and in fact good material designed for readers.

Feel free to visit my webpage - home cellulite treatment