24/12/2006

Jamming with Nöel


Nada como inventar motivo para festa. Que seja bem-vindo, então, o natal. Hoje, espero que antes da meia-noite, eu deixarei presentes para os colegas navegantes e para a cambada do Clube das terças, não na meia esquecida sob a árvore, mas sim no Gramophone by Salsa. Para o big boss John, deixarei algo de Lester (I've found a new baby) e, da mesma coletânea, deixarei o tema Perdido para o chapa e careca Ahmad. Para o decano Reinaldo deixarei Our delight numa interpretação do grupo de seu baterista predileto: Shelly Manne. Para os primos Garibaldi e João Mazzi, o saxofonista Art Pepper dedica o tema Summertime. Para a cabeça mais arejada (entre os velhos), mr. Coimbra, deixarei a faixa The Bull Frog, interpretada por Jackie McLean. Para o velho violeiro, Pedro Nunes, fica Summertime, interpretada por Grover Washington e Kenny Burrell. Fechando a parada, Paquito D'Rivera detona em For Leny Andrade, mas dedicada ao bom e velho Chico.

7 comentários:

Rogério disse...

Doctor Salsa:
Grato pela gentileza natalina através de Mr.McLean;aliás, a seleção para o CTF está de acordo com o tranqüilo espírito de final de ano. Dever cumprido e agradáveis surpresas para 2007.

John Lester disse...

Thanks Mr. Salsa! Lester, Young, nunca é demais!!!

John Lester disse...

Ah! Para o Paulinho da Embratel, sócio injustamente expulso do Clube das Terças, deixo as faixas de Toshinori Kondo. Acho que ele vai gostar.

Natalis Invictis pra todos!

Rogério disse...

Mr.Lester,
O da Embratel está de licença -prêmio. Só ele mesmo para merecer esse Toshinori Kondomínio.

João Luiz disse...

Agradeço o "summertime", mas o bom mesmo do seu Gramophone é o Now's the time com o Keith Jarret. Valeu mr.Salsa

Fernando Achiamé disse...

Mr. Salsa

Finalmente consegui, sem maiores problemas, acessar o Gramophone. Legal este "Perdido" com o "Pres" (o verdadeiro, e não esta contrafação que a gente é obrigado a aturar toda terça, lamuriando-se por não ser um baterista "discreto" - aviso, isto é uma brincadeira que somente se faz com quem é irmão); enfim, até os apitos do "Pres" soam como bonitas chamadas para que sigamos este eterno transatlântico a flutuar soberano nas águas do jazz (este final é por conta da passagem do ano).
Obrigado, é um feliz 2007 a todos do Clube.

Reinaldo Santos Neves disse...

Obrigado, Salsa, pela parte que me toca. Embora tenha o disco em questão, ouvir a faixa no gramophone jazzseen tem outro sabor. Quanto a Garibaldi, que está com problemas no HD, pediu-me que agradecesse a você pelo antológico "Summertime" com Art Pepper. Aliás, como já disse um poeta, "Entra hora e sai hora, entra blues e sai / blues, e o que fazer do amor, do amor, quando / incomoda, quando machuca de cor /
e salteado, e supura e simplesmente
/ dói, dói pra caralho? Nada, a não ser / ouvir Art Pepper tocar 'Summertime' ao sax-alto".