03/10/2010

Seminário Mindlin 2010 - O futuro das bibiotecas

O Seminário Mindlin 2010, "O Futuro das Bibliotecas", convida intelectuais e profissionais das comunicações, da arquitetura e das políticas públicas a se reunirem para debater o Futuro das Bibliotecas.

Programação:


13/10 (QUARTA-FEIRA)

19:30

Sessão de abertura

Homenagem a Dr. José Mindlin

Lançamento da Brasiliana Digital

Versão 2.0

Inscrições: As inscrições são gratuitas e serão realizadas no local e dias do evento.
Certificados: Os certificados serão emitidos eletronicamente e enviados por e-mail.

14/10 (QUINTA-FEIRA)

14:00

Novas Casas: Arquitetura das Bibliotecas

. Ana Paula Megiani — Coordenação

. Angelo Bucci

. Eduardo de Almeida

. Rodrigo Loeb


16:00 Coffee break


16:30

Novas Formas:  e-livros

. Edson Gomi — Coordenação

. Matinas Suzuki

. Diego Andrade de Mello

. Susanna Florissi

15/10 (SEXTA-FEIRA)

14:00

Novos Olhares:  Leitores nas Bibliotecas Digitais

. Esmeralda Vailati Negrão — Coordenação

. Idelber Avelar

. Roberto Taddei

. Maria Clara Paixão de Sousa


16:00 Coffee break

16:30

Novos Marcos: Políticas Públicas para Acervos Digitais

. Sueli Mara Soares Pinto Ferreira — Coordenação

. Manuel J. Pereira dos Santos

. Samuel Barichello

. Marcos Wachowicz

EVENTO E PALESTRANTES

A construção e a difusão do conhecimento passam por transformações importantes neste início de século.

Cada vez mais, o meio digital se afirma como esfera privilegiada de circulação da informação. É o momento de repensarmos a relação entre o leitor e o livro nos (novos) espaços de leitura.

O Seminário Mindlin 2010, "O Futuro das Bibliotecas", convida intelectuais e profissionais das comunicações, da arquitetura e das políticas públicas a se reunirem para debater este tema. As experiências e reflexões em torno de diferentes espaços para o livro, diferentes formas do livro e diferentes olhares sobre o livro nos permitirão discutir os caminhos que despontam para os novos significados dessas relações e os novos sentidos das Bibliotecas.

Angelo Bucci - Arquiteto e urbanista, desde 2003 dirige o escritório SPBR arquitetos. Doutor em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo, é Professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, na mesma universidade.

Eduardo de Almeida - Arquiteto e urbanista, é responsável pelo projeto arquitetônico da Brasiliana USP. Doutor em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo, foi professor na mesma universidade.


Rodrigo Loeb - Arquiteto e urbanista, é responsável pelo projeto arquitetônico da Brasiliana USP. Mestre em Energia e Meio Ambiente pela Architectural Association Graduate School, é professor na Faculdade Belas Artes e na Escola da Cidade.

Matinas Suzuki - Jornalista, é editor de comunicação da Editora Companhia das Letras. Trabalhou em diversos veículos de comunicação, entre eles a Folha de São Paulo e a TV Cultura.

Diego Andrade de Mello - Empresário, é sócio-diretor da Mix Tecnologia, empresa criadora do Mix leitor D, primeiro leitor de livros eletrônicos desenvolvido com tecnologia de software nacional.

Susanna Florissi - Editora e escritora, é diretora da Editora SBC Internacional. Formada na Universidade Católica de Pernambuco, é pós-graduada em teoria da literatura.

Idelber Avelar - Doutor em literatura comparada pela Duke University, é professor na Tulane University, especialista em ficção latino-americana contemporânea, teoria literária e estudos culturais. Mantém, desde 2004 o blog "O Biscoito Fino e a Massa".

Roberto Taddei - Escritor e jornalista, é mestre em Escrita Criativa pela Columbia University. Professor de Escrita Criativa na Academia Internacional de Cinema e no Instituto Superior de Educação Vera Cruz, é Presidente do Instituto de Pesquisa, Formação e Difusão em Políticas Públicas e Sociais e membro da Casa da Cultura Digital.

Maria Clara Paixão de Sousa - Doutora em linguística pela Universidade Estadual de Campinas, é professora da Universidade de São Paulo e coordenadora de pesquisas do Laboratório Brasiliana USP.

Manuel J. Pereira dos Santos - Advogado, é Coordenador do Programa de Especialização em Propriedade Intelectual da Fundação Getúlio Vargas. Mestre e Doutor em Direito pela USP, foi presidente da Associação Brasileira de Direito Autoral.

Samuel Barichello - Coordenador-Geral de Regulação em Direitos Autorais da Diretoria de Direitos Intelectuais do Ministério da Cultura.

Marcos Wachowicz - É professor de Direito na Universidade Federal de Santa Catarina e atual Coordenador-líder do Grupo de Estudos de Direito Autoral e Informação – GEDAI. Membro da Associação Portuguesa de Direito Intelectual e associado do Instituto Brasileiro de Propriedade Intelectual, bem como da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência.

John Lester - Desempregado, Ex-Comendador-Geral dos Portos da Barra do Jucu e Adjacências. É o encarregado pelo frete da Casa Bonita Arte & Objetos. Especialista em traças e fungos.

LOCAL: Casa de Cultura Japonesa - Av. Professor Lineu Prestes, 159 - Cidade Universitária - USP

5 comentários:

Arquiteta Véia. disse...

O LOCAL, Mr.Lester...

pituco disse...

master lester,

comentei ainda há pouco sobre o tema desse seminário...coincidência pacas.

isso porque, a primeira visita de minha filha (hoje com a idade do ragatzo cafiso) a uma biblioteca municipal foi comigo...era sobre uma pesquisa da estória da aviação brasileira, pra um trabalho escolar...lá pelos idos de 96 97...ela aprendeu o caminho e em minha ausência, já estava habilitada...creio que com os filhos dela, isso será diferente, com certeza...não é isso?

abraçsonoros

John Lester disse...

Prezado Mestre Pituco, creio que em breve as bibliotecas transformar-se-ão em museus. Bem, ao menos foi este o ponto de vista que defendi no último encontro promovido pela Biblioteca Pública Estadual do Espírito Santo.

Antes de ser expulso do evento, cheguei a propor à diretora da instituição que contratasse meus serviços de purga. Quem sabe?

Ah, sim, o Espírito Santo fica em Vitória.

E Dona Arquiteta, o endereço já está disponível.

Grande abraço, JL.

Anônimo disse...

Muito bom...

coimbra disse...

É verdade, tipo museu Mr. Lester; na verdade um enorme depositário, aliás indispensável pois de repente da um tilt em tudo e bye-bye informação. Tentei abrir uns disqueste adormecidos e tive problema e não conheço ninguém mais que tenha leitor do A/:. O mofo deu no meu leitor.
Mas tem gente que gosta de biblioteca só para sonhos, sei lá de que espécie, ah, para flertar !