10/12/2010

Nota triste: Morre James Moody

O saxofonista americano James Moody, um dos pais do bebop, o estilo do jazz desenvolvido nos anos 40, morreu na quinta-feira aos 85 anos de câncer de pâncreas em San Diego, informou nesta sexta-feira sua mulher, Linda Moody.

"Meu doce, querido e precioso marido morreu hoje [quinta-feira] após dez meses lutando contra o câncer de pâncreas."  "Meu grande desejo era garantir que Moody transcendesse pacífica e calmamente, e nos encontrávamos na residência para doentes de San Diego desde segunda-feira", explicou.

Moody era considerado uma instituição do jazz por ter sido um dos participantes da criação do bebop, um estilo musical do jazz que se desenvolveu nos anos 40 por iniciativa de Dizzy Gillespie, Charlie Parker, Max Roach, Bud Powell e Thelonious Monk. Como muitos músicos da época, o intérprete de "Moody's Mood for Love" começou a dar seus primeiros passos na arte em uma banda da Força Aérea e, após a guerra, juntou-se a Dizzy Gillespie, seu grande modelo.

O funeral do saxofonista, nascido no dia 26 março de 1925 em Savannah, na Geórgia, será uma cerimônia pública no dia 18 de dezembro no Greenwood Memorial Park de San Diego. (Fonte: New York Times)

9 comentários:

Salsa disse...

Moody's mood é antológica. James é eterno.

APÓSTOLO disse...

Prezado JOHN LESTER:

Deixa-nos uma obra de técnica e humor como poucas.
Um sempre risonho e franco Moody, que me deixa saudades eternas, jamais tristeza.

PREDADOR.- disse...

Perda lamentável para o mundo do JAZZ e nos deixa saudades, que por certo serão transferidas e amenizadas pela escuta de seus álbums.

coimbra disse...

O baixinho era foda, energético, parceiro ideal de Dizzy. Faço minhas as palavras do Predador, isso se não houver cobrança e ele me emprestar algum desses álbuns que tanto fala.

Banda in barbar disse...

demorou só 2 dias para anunciar
eta abutre é lento né

Grijó disse...

Triste.
E tristes ficamos todos.

Uma perda que nos remete a grandes gravações ao lado de Mr. Gillespie.
vou ouvir agora "Wail Moody Wail"

Grande abraço.

Grijó

John Lester disse...

Prezado Mr. Grijó, espero que tenha recebido meu e-mail. Sua presença é fundamental!

Grande abraço, JL.

pituco disse...

rest in peace, mr.moody...thanks for the music

master lester,
e assim caminha a humanidade...ou se arrasta a macacada...

abraçsons

pituco disse...

master lester,

há dois vídeos postados em meu blog...oportunamente, acesse, ouça e diga se não são piramidais...?

obrigadão...
abraçsonoros