02/06/2011

Elas também tocam jazz - Tomoko Ohno

Tomoko Ohno nasceu em Tóquio. Após graduar-se em Direito pela Rikkyo University, inscreve-se no Jazz Studies Program da William Paterson University, em New Jersey, onde recebe instruções valiosas, entre elas as do pianista Harold Mabern e do contrabaixista Rufus Reid. É nesse período que tem a oportunidade de tocar com importantes músicos, entre eles Jerome Richardson, Wynton Marsalis, Benny Golson e Joe Henderson. Aluna premiada pela qualidade da performance, Ohno chega a ser incluída na Dean's List da instituição. Após a graduação, passa a se apresentar em casas renomadas de New York, como o Lincoln Center, Carnegie Hall, Blue Note, Sweet Basil e Lenox Lounge. Além de atuar como sidewoman e integrar a banda só de mulheres The Diva Jazz Orchestra, Ohno lidera seu próprio conjunto, com o qual já lançou diversos álbuns, em especial para o selo japonês Tokuma. Com um dedilhado claro e preciso, mesmo em altas velocidades, Ohno impressiona pela rapidez de raciocínio nas improvisações, pela discrição como acompanhante e pela delicadeza com que aborda as baladas. Embora seu estilo ainda esteja em construção, o encontro de uma voz própria é certamente apenas uma questão de tempo.

Para os amigos deixo as faixas Menphis e Maria, retiradas do álbum Tomoko Ohno em Buenos Aires: Jazz meets Tango, lançado pela MDR Records em 2007. Com ela estão Andrés Boiarsky (cl, ts), Ricardo Lew (g) e Matías González (ac). Boa audição!



12 comentários:

coimbra disse...

Sir Lester,

Sempre com as novidades.
Boa instrumentista, fiel ao bom jazz, sem considerar os solistas.
Se ela estiver "Alone" em Buenos Aires, tudo bem, vamos lá.
Não nos deixe sem novidades.
Parabéns.
Um abraço.

John Lester disse...

Querido Professor, bom saber que atingimos a nota média em sua disciplina: boa música, ontem, hoje e amanhã.

Grande abraço, JL.

Naura Telles disse...

Delícia!

Internauta Véia disse...

Gostei...piano sempre me agrada...

sawuelbruno™ disse...

gostei muito desse Blog, textos bem interessantes,

voce esta de Parabens pelo Blog :)
Att,
@sawuelbruno

http://sawuelbruno.blogspot.com/

John Lester disse...

Valeu Bruno.

Grande abraço, JL.

coimbra disse...

Sir Lester,

Observando a Tomoko, observei que qualquer semelhança é mera coincidência.

Saudades do Cafe Tortoni !

John Lester disse...

Bons tempos mestre, bons tempos...

Grande abraço, JL.

coimbra disse...

Vamos voltar ?

Salsa disse...

groove maneiro em memphis. dedos firmes, os da japa

pituco disse...

master lester,

watakushi yori anatá wa zembu shitemassu...mamma mia...

abraçsonoros

John Lester disse...

Prezado mestre, em minhas andanças já ouvi esse estranho dialeto, não sei se na Tanzânia, Hong Kong ou Arkansas...

Grande abraço, JL.