18/05/2006

O Inventor Do Jazz

.

Jelly Roll Morton (1890-1941)
.
Uma das figuras mais geniais e polêmicas da história do jazz foi Jelly Roll Morton, considerado por vários estudiosos o primeiro compositor do jazz. Morton, um mulato de New Orleans que se considerava branco descendente de franceses, iniciou a carreira tocando em bordéis e esteve em quase todas as cidades onde se podia ganhar algum dinheiro tocando jazz. Costumava se apresentar com um cartão onde constava a inscrição "inventor do jazz". Se ele realmente acreditava nisso ou estava apenas brincando, nunca vamos saber. O fato é que Morton foi o primeiro músico a conseguir colocar na partitura alguns dos principais elementos musicais que realmente diferenciavam o jazz de seus ancestrais: spirituals, blues e ragtime. Para aqueles que não apreciam gravações repletas de estalidos e chiados, o disco abaixo traz registros feitos em 1924 em rolos de pianola cujo tratamento técnico torna a audição agradável até para as orelhas mais exigentes. Um prato cheio para os estudiosos do jazz.

Piano Rolls - Elektra/Nonesuch 79363



11 comentários:

Anônimo disse...

Então são gravações feitas pelo próprio possuído piano? E o peso dos dedos de Morton?

John Lester disse...

Prezado anônimo, talvez um proctologista possa aliviar suas dúvidas quanto ao peso e demais detalhes técnicos sobre o Roll de Jelly. Eu apenas ouvi o disco.

Anônimo disse...

Por que o mau humor? eu só queria entender o processo da gravação. Fica difícil freqüentar o blog com a agressividade reinante.

Jazzseen disse...

A idéia do blog, assim como da Constituição Federal é vedar o anonimato. Seria uma grande contribuição se o amigo "anônimo" se transformasse no amigo "ausente". Se é que você me entende, é claro.

Cretino, de Creta. disse...

Este é um blog para informação e comentários sobre música ou para bate-boca, aliás, bate-dedo de comadres ?
Jelly Roll rolou bem naquele tempo e popularizou o improviso e a alegria ao tocar piano, elementos básicos pára um bom e descontraído jazz. Deixem o Morton descansar em paz.

ausente disse...

Continua nervoso...

ausente disse...

Ia esquecendo: como é seu nome mesmo?

Alessandra disse...

Ai, q. chato esse bate-dedos! A coluna é boa demais, não vamos atrapalhar, mau humor aqui ñ. pode ter vez, já chega o q. temos que enfrentar lá fora!
Kiss
Alessandra

Alessandra disse...

À propósito, anõnimo, vc. ñ. leu o começo da resenha: " Uma das figuras mais geniais..."? Aí está o "peso dos dedos de Morton", leia c/ atenção!

Curuca Véi disse...

Tenho pra mim que essa Alexandra usa bigode ... Sei não.

Pimenta disse...

Sou mais ele com os Hot Peppers.