18/05/2006

prêt à Porter


Fora eu um músico que valorizasse a profissão, com certeza eu prepararia um show só com músicas de Cole Porter. Entre os compositores americanos, ele é o que mais me agrada (e, creio, a muitos outros: basta olhar na ficha técnica dos discos de todos os jazzistas que você deverá encontrar, em cada um deles, alguma coisa de Porter). Ele me agrada por duas razões mais do que razoáveis e que andam sempre juntas: em primeiro lugar, as suas harmonias e melodias: elas portam um brilho peculiar, uma alegria que perpassa mesmos as passagens em tom menor e elevam a tristeza ao patamar solar; em segundo, suas letras sempre carregadas de fina ironia e de uma elegante sensualidade. Aliás, podemos afirmar sem titubeios que a elegância é o adjetivo apropriado para sua obra (elegância, para mim, correlata àquela dos textos de Marcel Proust). Estou, nesse momento, ouvindo a trilha sonora do filme De-lovely, um exemplo de bom roteiro e de boas interpretações (Kevin Kline está muito bem como Porter), que aborda justamente a vida dessa grande figura da música mundial. A trilha sonora une cantores do universo pop e do jazz (Morissette, Elvis Costello e também Diana Krall, entre outros). Eis um momento agradável.

6 comentários:

Anabelise Krügger disse...

Porque as resenhas do Salsa sempre ficam na frente das resenhas do John ? Há alguma indicação de hierarquia ou capacidade de produção nesse detalhe ou seria apenas uma política de designe ?

Beijos a todos.

Cretino, de Creta. disse...

Porter é pai. Aliás, Salsa, nada mais saudável que pelo menos 1 x por mês locar o filme De-Lovely e deixar rodando o dia inteiro. Parece que agora não se aluga mais, grava-se...Bem, o que interessa é Porter night and day.

Salsa disse...

Anabelise, anabel lee, não tem nada disso. É mera coincidência.

Alessandra disse...

Jonh e Salsa, amo os dois!
È um prazer ler suas resenhas, muito bem escritas e excelente gosto musical, além do grande conhecimento q. têm do assunto.
Continuem, porque precisamos de coisas desse nível!
Abraços da
Alessandra.

John Lester disse...

Salsa, duas coisas: primeiro vai colocando tudo em mp3 pra mim; segundo: quem é a alexxandra ?

Sua aluna ?

Valeu, John.

John Lester disse...

Salsa !!! Kd suas resenhas maluco ???

Manda ver aí po, sozinho eu nao aguento nao.

JL