01/06/2006

Ora bolas, Congo Zero Orgulhosamente Apresenta: Brincantes & Quilombolas

.
Mesmo diante de toda a ojeriza auditiva que o congo me traz, confesso a surpresa, boa e grande, ao ler o excelente livro Brincantes & Quilombolas, do historiador Maciel de Aguiar (foto ao lado). Obra de fôlego, fruto de árdua e longa pesquisa iniciada em 1965, considero o volume indispensável para todos aqueles que, gostem ou não de congo, queiram entender um pouco mais sobre a impenetrável cultura capixaba e, por extensão, a construção do imaginário cultural brasileiro. Importante livro, inclusive com informações sobre a música do ES. À venda na Logos, por R$75,00.

.
NOTA: John Lester é o fundador e atual presidente do FCC - Fundo de Combate Ao Congo.

15 comentários:

Salsa disse...

Pô, Lester, não se trata de impenetrabilidade, mas sim de impaciência da sua parte.

Elmer Snowden disse...

Pô, eu adoro congo. Alguém tem um disco de congo aí pra me emprestar ?

Amante do Congo disse...

Tenho um box c/ 6cds, onde toda a história do Congo, seus pricipais intérpretes e arranjadores nos dão uma idéia do que se trata. Quando quizer, Elmer, está à sua disposição.

Big M. disse...

Lester, fiquei contente c/as músicas, mas o som ñ.. ficou legal, Monk e Billie sairam picotadinhos, e depois de uma clicada p/ tentar melhorar, sumiu todo o lado direito da pagina! O q. aconteceu?

Big M. disse...

A página voltou completa, mas o som...continua falhando, q. pena!

Antonio Bastos disse...

Lester, li resenha sua no Club de Jazz, copiada pelo editor. Ce tinha visto?
Abraço
Antonio Bastos Friburgo-RJ

Salsa disse...

No meu computador o som está rolando numa boa.

Salsa disse...

Bem que o tema de Monk com a furiosa atrás não me agradou, não.

Cretino, de Creta. disse...

Adeus Jazzseen
Eu vou partir
Nunca mais entrarei
Aqui
Adeus Jazseen
Eu sou do Jazz
E não me vendo
Por Dez Mil
Folia
de Réis...

John Lester disse...

Salsa, o tema de Monk foi devidamente retirado, embora eu gostasse muito dele. Fique intimado a apresentar tema de seu agrado para postagem no gramophone jazzseen.

John Lester disse...

Prezado cretino, com o assustador movimento do blog, um a mais, um a menos, pouco afetará nossa arrecadação.

Boa sorte !

Anônimo disse...

Lester não tem jeito, sempre temperamental.

Big M. disse...

Lester, o som ficou legal, tanks.

John Lester disse...

Não sei não ... Algo me diz que o Cretino não é de Creta. Seria ele algum árabe de Santa Lúcia ?

Vou apurar !

Cretino, de Creta disse...

Falando no Cretino, olha eu aqui. Quem é esse na foto: Castro Alves ou Carlos Gomes ?