11/10/2006

Jazz guitar player's week: 5 - Kessel & Ellis

Não, ele não é o personagem amigo do egóico Fred Flintstone, nem tampouco parente do camarada que colabora para o blog charuto&jazz: Barney Kessel (à esquerda) é mais um dos herdeiros da dinastia iniciada com Charlie Christian. Participou de gravações memoráveis com Oscar Peterson e, para o meu gosto, as gravações com Brown e Manne (The poll winners) também são marcantes. A sua guitarra soa com um timbre mais agudo e, em determinados momentos, parece o som de um violão microfonado. O seu fraseado também é marcado pela influência do bop (parece que, para desespero do navegante Vinícius, também gosta de tocar com vibrafonistas). Os navegantes terão oportunidade de perceber algumas de suas características lá no Gramophone by Salsa.
O outro convidado, Herb Ellis (à direita), também foi parceiro de Oscar Peterson durante boa parte dos anos cinqüenta e o resultado sempre foi muito bom. Vocês notarão, quando ouvirem lá no Gramophone, a peculiaridade de sua mandada (os críticos especializados apontam aquela influência texana meio country, meio blues) também muito influenciada pelo bop (e não poderia ser de outro modo, pois estava no olho do furacão).

3 comentários:

laranjeira disse...

Existe algum guitarrista brazuca que dá pra encarar esses?

armandão disse...

Tem sim. Armandinho, se quisesse, poderia tocar jazz. Preferiu axé.

augusto carlos disse...

Grande pedida Mr. Salsa.