01/11/2006

Elas Também Tocam Jazz - Dorothy Donegan

.
Como sempre acontece no início de cada mês, fazemos nossa homenagem às raras mulheres que tocam ou tocaram jazz. Em novembro será a vez da pianista Dorothy Donegan (1922-1998). Incentivada pela mãe, Dorothy iniciou os estudos de piano clássico aos seis anos. Aos onze já tocava em festas e igrejas. Fez parte de seus estudos na consagrada Du Sable High School e aos dezessete anos já tocava em night-clubs. Foi por essa época que conheceu Art Tatum, seu protetor e incentivador. Passando definitivamente para o jazz, Dorothy faz suas primeiras gravações na década de 1940. É também a primeira negra a tocar no Orchestra Hall de Chicago, aos vinte anos. Sempre com muito charme e grande senso de humor, Dorothy passeia com facilidade pelo clássico, boogie woogie, jazz, blues e música de coquetel com um virtuosismo poucas vezes igualado no mundo do jazz. No Gramophone Jazzseen, logo acima, deixo a faixa Tea For Two retirada do cd The Live at the 1991 Floating Jazz Festival. Boa audição!

3 comentários:

olneyfig disse...

Caraca!!! a mulher é mesmo "fera"!!!

John Lester disse...

É aquela coisa meio Errol Garner, meio Art Tatum. Se eu pudesse, tiraria um pouco dos floreados. Talvez ela ficasse no nível de um Oscar Peterson. Mas tá valendo.

JL.

Internauta Véia disse...

Formidável, floreado com talento e no ponto! BIS!!
Lester, que tal uma coletânea de brinde?