19/11/2006

Outro dia com Fábio Calazans


Os músicos capixabas, principalmente no final dos anos oitenta e início dos anos noventa, tinham como prática comum picar a mula para o Rio, São Paulo ou algum lugar ermo na estranginávia em busca de conhecimento e técnica musical. Opção não havia na ilha para quem quisesse conhecer alguma coisa das linguagens populares da música (o jazz entre elas). Um desses camaradas é o guitarrista Fábio Calazans. Esse foi e voltou - com bastante experiência para partilhar com seus alunos da Faculdade de Música. Esse ano, ele lançou seu segundo cd instrumental: Outro dia. O primeiro, Faces, é mais eletrificado e marcado por uma pegada fusion (sem desprezar os rítmos brasileiros), contou até com a canja de Mike Stern e Jorge Pescara. O segundo está mais lírico (talvez por influência do casamento e do nascimento da filha) e prevalecem os sons do violão, violoncelo, piano (aos cuidados de Cristóvão Bastos) e sopros (soprano e flauta) em arranjos leves que pedem uma rede e uma varanda (mas, se não tiver, não tem importância: ao ouvir o cd você se sentirá como se estivesse na rede e na varanda curtindo uma brisa). Deixarei faixas dos dois discos para vocês se deleitarem no Gramophone by Salsa.
Em Tempo: quem ficar interessado em conhecer melhor o trabalho do Fábio pode entrar em contato pelo e-mail fpcalazans@hotmail.com

2 comentários:

Belinha disse...

Legal "O outro dia", gostei.

laranjeira disse...

eu também gostei.