13/10/2007

Frank Wess

A gente vai ficando velho e esquecido. Não dá mais pra lembrar tudo que aqui foi postado. Ainda mais quando já passam de 500 comentários sobre jazz. Mesmo correndo o risco de repetir, eu postarei mais um disco; dessa vez para o neófito do clube (ainda em estágio probatório), Mr. Grijó. Estou ouvindo um cd de Frank Wess, dublê de saxofonista e flautista, muito conhecido por seus trabalhos ao lado de Frank Foster e também com a big band de Basie. Seu sopro (tenor) traz notas do bom e velho Lester, mantendo um clima cool muito interessante. Como sempre, ele não deixa de tocar sua flauta, que, segundo meu chapa Davi, hipnotiza tanto quanto o seu predecessor, o flautista de Hamelim. O cd The Frank Wess Quartet foi gravado em 1960, com o auxílio de Tommy Flanagan (p), Eddie Jones (b) e Bobby Donaldson (d), e nos propicia momentos aconchegantes, que casam bem com um tempranillo espanhol. Enquanto a camarilha que domina o senado não vai em cana, vocês poderão ouvir a faixa It's so peaceful in the country.

15 comentários:

João Luiz disse...

Para quem "endeusa" sòmente John Coltrane e Sonny Rollins(neé Mr.Grijó), procure ouvir e reconhecer o valor de Frank Wess, o grande esteio da orquestra de Basie, aqui apresentando-se com seu quarteto. Uma beleza!

Anônimo disse...

manda ele pra brasília hipnotizar os ratos do congresso.
Daniel

Vagner Pitta disse...

...


legal! Uma ótima dica para quem quer se aventurar no mundo jazzístico das flautas, o qual seria bem pobre se não fosse Yuseef Lateef, Eric Dolphy e esse subestimado Frank Wess


...

Salsa disse...

É verdade, Vagner. As flautas têm um espaço restrito no universo do jazz (eu conheços muito poucos). Eu tive alguns discos do Herb Mann que não eram lá essas coisas. Guardei um que conta com a participação de Bill Evans.

John Lester disse...

Grande músico, merece mesmo duas resenhas sobre o mesmo álbum. O curioso, Mr. Salsa, é que mesmo sem visitar o Jazzseen, aparecem comentários seus em minhas resenhas do Sam Noto e do Frank Wess...

Bem, FW Quartet é o tipo de álbum que merece redobrada recomendação. Pode ser comprado no e-music por preço razoável, embora venha sem encarte.

Nota: para os visitantes que quiserem encontrar algo sobre algum músico ou álbum, basta digitar a palavra-chave no espaço à esquerda no alto da página, onde diz 'PESQUISAR BLOG'. Assim, por exemplo, para Frank Wess, digite 'wess' ou, para Sam Noto, digite 'noto'. Uma vez me perguntaram se Noto é apelido. Não sei dizer.

Salsa disse...

Pois é, parece que acabou o repertório. Eu não sabia do lance da pesquisa.

John Lester disse...

Salsa, você podia ver se encontrava alguma coisa sobre Budd Johnson, um tenor da pesada. Um blog sobre jazz não poderia deixar de comentar algo sobre ele, concorda? rs

Diego Henrique - Matematica - Ceunes disse...

é professor, essa é musica é otima, bem ao estilo que eu gosto (como pudeste comprovar na quinta-feira), seria uma boa colocar mais alguma do album...

Audiocaviar disse...

Los aficionados a la buena música cada vez estamos más huérfanos de
espacios radiofónicos en los que disfrutar de nuestros sonidos preferidos.
Para compensar ésto nace AUDIOCAVIAR, el programa de radio que te va a
acercar el mejor Jazz Contemporáneo, Smooth Jazz, Soul, Funk y Bossa.

En www.audiocaviar.es podrás ver las reseñas de las novedades más
destacadas aparecidas en el panorama internacional de la música y escuchar
los programas en los que seleccionamos la mejor música para tu deleite.

Simplemente entra en www.audiocaviar.es

Creo que estabas esperando algo así.......

Salsa disse...

Eu postei Budd Johnson no mpbjazz.blogspot.com. Quem quiser ouvir, basta ir até lá.
Da próxima vez, antes de postar alguma coisa (agora que fui informado pelo editor-chefe) farei a busca nos arquivos do blog.

Salsa disse...

Como a esclerose está me atacando, melhor é ficar de molho.

sergio disse...

Aí, amigos, tão servidos?

"This two-fer from the excellent Prestige series of two-LP sets features Coltrane at a pair of jam-session-type settings in 1957. He is heard along with fellow tenor Paul Quinichette and Frank Wess on flute and tenor on two long versions apiece of "Wheelin'" and "Dealin" in addition to a fine rendition of "Things Ain't What They Used to Be" and a 15-minute version of "Robbins' Nest." In addition, there are two numbers from a sextet session with trumpeter Bill Hardman and altoist Jackie McLean. Overall the music is not all that essential (since there are so many other Coltrane recordings available) but is quite enjoyable on its own terms and worth picking up."
scott yanow (allmusic.com)
___________________________________

Frank Wess & John Coltrane - Wheelin' & Dealin' [1957]

http://www.badongo.com/cfile/2154457
senha: Makumba

___________________________________

1. Things Ain't What They Used To Be
2. Wheelin' - (take 2)
3. Wheelin' - (take 1, bonus track)
4. Robbin's Nest
5. Dealin' - (take 2)
6. Dealin' - (take 1, bonus track)

___________________________________
Musicos:
pepper adams - sax baritono
cecyl payne - " "
john coltrane - sax tenor performer
Paul Quinichette - " "
art taylor - drums
mal waldron - piano
doug watkins - bass
frank wess - flute e sax tenor performer

F. Grijó disse...

Ô, João.
Eu não "endeuso" somente Rollins e Coltrane. Considero-os os maiores, mas isso não significa que deixo de lado Frank Wess. Nem Marsh, nem Harold Land, Larry Schneider, Stan Getz, Frank Foster, Charlie House, Wayne Shorter, George Coleman e outros.
Conheço o disco.
É uma beleza.

João Luiz disse...

Foi só para te instigar meu caro Grijó, sei que você além de apreciar a boa música, sabe quem é quem no contexto jazzístico. Aproveitando que estamos falando, dentre outros, de Coltrane e F.Wess, bem lembrado por Sérgio a gravação " Wheelin & Dealin' ", onde, me desculpem, mas quem dá um banho de interpretação(solos e improvisos), especialmente nos blues Wheelin' e Dealin' é Mal Waldron outro pianista pouco reconhecido.

F. Grijó disse...

Waldron é um pianista magnífico. Concordo e reconheço.