04/01/2008

Japonês ou baiano?

Em homenagem ao trio sem bateria de Mr. Salsa, que se apresentará dia 22/01/08 no Balacobaco – Vitória – ES, falaremos hoje do baterista Paul Togawa. Esse instrumentista não aparece em nenhum guia impresso padrão (All Music Guide, The Rough Guide, The Penguin Guide, The New Groove Dictionary of Jazz). Nem mesmo no excelente West Coast Jazz, de Ted Gioia, encontramos rastros de Paul. Na internet a coisa não melhora. Assim sendo, sem sabermos se Paul é japonês ou baiano, só nos resta falar sobre o único álbum que conhecemos dele, onde aparece como líder. É o Paul Togawa Quartet, gravado em junho de 1957 para a VSOP, um dos melhores selos quando o assunto é cool jazz. Com ele estão Gabe Baltazar (as), Dick Johnston (p) e Bem Tucker (b). Gabe é figura carimbada do west coast jazz, fez parte da orquestra de Stan Kenton e trabalhou em diversos contextos na costa oeste, inclusive com Dick Johnston no célebre Lighthouse All-Stars, na década de ’60. De Ben Tucker não poderíamos esperar menos que o excelente suporte, firme e sutil, em interessantes diálogos com as baquetas de Togawa, um baterista brilhante, bem entrosado na linguagem do west coast, embora deixe claros seu vigor e disposição diante dos tambores. Para os amigos fica a faixa I’ts All Right With Me.

19 comentários:

dalmácio disse...

toca bem o baiano, valeu lester

PREDADOR.- disse...

Muito bom o Paul Togawa Quartet, com músicos conhecidos e competentes dando um belo suporte ao Togawa. Aliás, Jazz west coast é sempre bem vindo. Ano de 2008 bem iniciado com o "japa" sr.Lester!

diogo disse...

nem baiano, nem japa, o cara é cearense (dá pra ver pelo sotaque)

bia disse...

voltei gente, feliz 2008!!!

olney disse...

Eu tb gostei, Lester; vc descobre cada coisa...
ps.: quem são os músicos que tocam "Misty" - a segunda faixa dessa radiola?

Mª. augusta disse...

Legal , gostei...Em matéria de gosto musical, comungo sempre com as seleções do Jazzseen, muito bom!

John Lester disse...

Amigo Olney, que bom que aprovou a levada do Paul Togawa. Afinal, você é o especialista no assunto aqui no Jazzseen.

A faixa Misty está por conta de Barney Kessel, você sabe bem quem é. Com ele estão Ray Brown e Shelly Manne. O ´labum, que recomendo, é Exploring the Scene, de 1960.

Grande abraço, JL.

F. Grijó disse...

Mr. Davis parte II do Ipsis Litteris, amigo JL.
Especialmente para vc, a quem citei.
Grande abraço e parabéns pelo japa, a quem eu desconhecia.

Anônimo disse...

Caro Lester,
Falando de bateristas, gostaria de seus comentários e dos demais "experts" no assunto sobre o Charles Persip, que muito aprecio, presente na faixa "relaxin! at Camarillo", com Cecil Payne. Acho o meu xará, um baterista espetacular, nunca lí uma nota sobre ele, nos blogs e sites visitados.
Abraços,
Carlos (MG)

barb michelen disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

Internauta véia (de volta) disse...

Mr.Lester, o que diz o post aí em cima? Traduza, por favor.

John Lester disse...

Prezada, segue a tradução:

"Oi, eu sou um chato de galocha é gostaria de aplicar um golpe em você. Venha me visitar e ganhe muito dinheiro tocando viola caipira".

Cuidado com tipos assim Internauta Véia.

Grande abraço, JL.

Jazz-Nekko disse...

very nice blog you here - congrats for the hard efforts!

too bad that most of your links to "jazzseen" private world are blocked -;)

also, i clarify to you and your members that togawa is not japanese per say (i should know, as i am japanese), but a 2nd generation hawaiian-japanese, born in the states - please try to be more precise in the future.

togawa comes nowhere near any "japanese" sense on his pickings as for example masuo yoshiaki (from many fine kikuchi & watanabe sadao collaborations) -

also a pity that you have no true japanese jazz giants highlighted. . .

lastly, i can see you are visiting my blog and my friends' blog for 'inspiration' - would it not be better to acknowledge that?

cheers,

jazz-nekko

F. Grijó disse...

JL, valeu o comentário enciclopédico.
Devidamente treplicado.

Abraço

John Lester disse...

Dear Nekko,

I thank your visit and your praise. I also liked your blog. In relation to Jazzseen Links's, I should inform that are not still liberated to the public because they are part of a book that I am writing.

Thankful, JL.

Salsa disse...

Viu só? O cara é havaiano, que nem o chinelo. Há algum tempo você postou algo sobre outro havaiano. Pelo jeito, as ondas do Havaí são variadas.

Frederico Bravante disse...

Como dizia o Falcão: It's not mole não!

cd disse...

Chris Potter mandou bem.

Heide Wittgensz disse...

Eu gostar muito!