26/05/2009

Te cuida, Egberto!

Orgulho-me de ter vários discos de Egberto Gismonti. Passei todo o domingo matinal ouvindo Água e Vinho, seu disco de 72, e o showzão com o baixista Charlie Haden em Montreal. Um amigo afirmou que orgulhar-se disso é fácil. Disse ele: “Orgulhar-se de estar casado por vinte anos com uma mulher bonita, compreensiva, gostosa e inteligente é moleza. Difícil é ter orgulho de estar casado com uma bruaca chata e lenta de raciocínio.” E concluiu: “Quero ver o cara orgulhar-se - e sair dizendo por aí - que possui todos os discos de Chitãozinho e Xororó.” Em outras épocas meu amigo teria razão. Hoje, não. A humildade foi para o espaço, escafedeu-se, volatilizou-se. Li uma entrevista em que o tal cantor Daniel afirma não compreender por que é considerando intelectualmente inferior a Edu Lobo. Chegando a Vila Velha, município da Grande Vitória, há um outdoor tamanho família, potentemente iluminado no qual se estampa a foto de uma dupla denominada João Neto & Frederico. Não sei quem são. Não sei e não quero saber, porque consigo, por meio de mínima dedução, entender que se trata de dupla caipira, sertaneja ou algo do gênero. Certamente vai lotar clube, estádio ou parque de exposições. Haverá gritinhos adolescentes e muitos pais preocupados porque as filhinhas ainda não chegaram e já é tarde da noite. E pensar que o show de Egberto Gismonti, há dois anos, em Vitória, contou com menos de 100 pessoas. Egberto Gismonti é um dos grandes músicos atuais, mas quem quer saber?

Egberto quem?, perguntarão, uníssonos, João Neto & Frederico. Tenham certeza: a humildade não existe mais. Egberto Gismonti que se cuide porque, talvez, nem entre para uma História escrita por adolescentes adoradores das duplas sertanejas, do axé, dos cantores evangélicos e do roquezinho nacional. Entendo essa triste realidade, mas vou ouvindo Gismonti assim mesmo.

10 comentários:

John Lester disse...

Sem comentários.

Paula Nadler disse...

Fiquei triste com essa postagem...

Érico Cordeiro disse...

Alegremo-nos e não percamos a esperança. Havia 100 bravos paladinos da música de qualidade no show de Gismonti. Que eles possam multiplicar-se em milhões e cantar em uníssono as maravilhosas "So In Love" de Porter, "The Man I Love" de Gershwin, "Eu e a brisa" de Alf e "Chovendo na Roseira" do nosso amado Tom e assim abafar definitivamente, a vulgaridade coprofágica que assombra esses tempos conturbados.
Viva Gismonti! Viva Haden! Viva "Academia de Dança", "Infância", "Água e Vinho", "Duas Vozes" e tantas outras maravilhas sonoras esculpidas por esse mago dos acordes.
Abraço a todos!

LeoPontes disse...

Ta na cara que foi um erro de marketing. SE tivessem pensado bem e colocado Egberto e Mossoró (Um dos seus 12 instrumentos de cordas) teria com certeza lotado.
Conheci Egberto quando morava com os pais na praia do flamengo no Rio e havia acabado de ter lançado seu LP Academia de Dança (Aquele som intergalactico) muito além de nossas fronteiras e cultura.
Aonde quer que voce esteja meu respeitoso e carinhoso amplexo.

Abçs a todos

Danilo Toli disse...

Lamentável!

Salsa disse...

Lester,
Eu não recebi caixa nenhuma. Estou aguardando.

John Lester disse...

Meu amigo, a caixa foi para Pinheiros, Sampa. Fica para 2010, ok?

Grande abraço, JL.

Anônimo disse...

Parabéns ao Grijó. ele está coberto de razão. É preciso que hajam focos de resistêmncia contra esses cantores evangélicos e falsos profetas do rock nacional.
E viva Egberto!!!

C.L.

elguz disse...

Que va, conozco un puñado de personas en el mundo para quienes la música de Gismonti es imprecindible, yo entre ellos. Que mis hijas de 9 y 5 nacieron y han crecido escuchando esa guitarra ese piano, esa belleza. Y seguro así esto continuará. Este album con Haden es maravilloso. Cierto? Qee viva Egberto!

pituco disse...

egberto gismonti esteve aqui, tokyo-jp, em várias oportunidades.

há um ano atrás,convidado pela nhk(televisão estatal), egberto apresentou-se com a orquestra correlata,grande parte de seu repertório.

a tevê exibiu um documentário, há alguns meses atrás, num horário nada conveniente, desse concerto, assim como trechos dos ensaios.

é impressionante como gismonti toca e conduz esses ensaios com o conductor e orquestra.

música brasileira universal

*sertanejos e que tais seguem sua sina, assim como gismonti a dele.
se no brasil há pouca chance para edu, gismonti, hermetos, a culpa é dos que permitem essa situação...ou não?

amplexosonoros