29/08/2006

Blues também é jazz

.
Dizem que T-Bone Walker foi o mestre de todos os grandes guitarristas do blues moderno. De BB King em diante, não há quem negue a imensa influência pioneira de T-Bone. Já em 1929 ele realiza suas primeiras gravações, que logo passariam a orientar o som da guitarra elétrica no blues e, mais tarde, nas décadas de 1940 e 1950, serviriam de base para o fortalecimento do elemento blues no west coast, estilo do jazz até então bastante distante do blues. A revolução que T-Bone realizou no blues pode, e deve, ser comparada à que seu contemporâneo Charlie Christian realizou no jazz, com seus respectivos estilos fluidos e repletos de riffs que seriam copiados por todos os demais guitarristas posteriores. Aos amigos navegantes, deixo duas faixas gravadas por T-Bone em 1947, com Teddy Buckner (t), Bumps Myers (ts) e Oscar Lee Bradley (d). Infelizmente não pude identificar o pianista e o baixista que acompanham Mr. T. Caso algum argonauta os conheça, favor nos informar. O Gramophone Jazzseen fica logo acima. Boa audição!

3 comentários:

audiólatra disse...

Nada como um bom e velho blues.

alberto disse...

Jazzseen e suas novidades. Muito bom esse tal de Mr. T

valeu!

Anônimo disse...

http://www.finn.no/finn/bap/all/result