15/12/2006

Matetic

.
Pois é, o Natal chegou e com ele sempre vêm o bacalhau e o vinho. John Lester não é um especialista em vinhos, um enólogo, sommelier ou conaisseur. John acredita apenas que o bom vinho é aquele que nos agrada e que podemos comprar. Sendo assim, faço minha singela recomendação para esse Natal de 2006: trata-se de um Matetic EQ Syrah 2002 produzido no Chile pela vinícola Matetic. Localizada numa região chilena ainda pouco conhecida, essa jovem vinícola já produz alguns vinhos incríveis, alguns deles classificados entre os 100 melhores vinhos do mundo e com avaliações que chegam a 92 pontos pela Wine Espectator. Além de oferecer visitações regulares e serviços de degustação, a vinícola também dispõe de simpáticos chalés para acomodar aqueles que quiserem passar alguns dias a mais na região, onde encontrarão uma paisagem bucólica, clima agradável e um restaurante que promete. Os pacotes podem ser analisados pelo navegante no site http://www.mateticvineyards.com/ onde você encontra muita informação e fotos sobre o lugar.

.

Para os navegantes que não estão dispostos a desembolsar cerca de R$300,00 por uma botella de Matetic EQ, existe outra boa opção da mesma vinícola, que é o Corralillo merlot & malbec reserva 2003, na faixa de R$100,00. Os dois vinhos são excelentes e podem ser encontrados na Casa do Porto: Rua Aleixo Neto, 1204 - Praia do Canto - Vitória - ES - Telefone: (27) 3225-3260 - E-mail: eduardo@casadoporto.com - Site: www.casadoporto.com
.


Feliz Natal

6 comentários:

Salsa disse...

ÊÊÊ, John, véi de guerra, a minha quota está restrita ao bom e velho vinho de combate, que não passa dos trintinha merréis. Esse aí, só se você me convidar.

João Luiz disse...

Eu queria saber quanto o sr.John Lester está levando de propina para fazer esta propaganda toda do tal vinho matetic e da Casa do Porto.Me arranja uma beirada desta comissão Lester .Estou mais na pior do que Salsa.Só consigo tomar vinho de 15 "merréis" a garrafa.

paulo vitor disse...

John Lester mercenário? Afff, quem diria...

Cretino , de Creta. disse...

Tenho um excelente Sangue de Bois na adega. Vamos ??

sávio disse...

Po, ate que uma visita para degustaçao sai a um preço razoavel. Gostei da vinicola.

baco disse...

Se um apreciador , ou melhor, dois apreciadores de cerveja deixarem de consumir umas 30 latinhas cada( não sei ao certo o preço da lata, mas acho que seria suficiente) poderiam tranquilamente degustar um Corralito por mês. Como se vê, é uma questão de gosto, de preferência, e não de falta de dinheiro...Acredito que a verba p/ cerveja seja alta.