07/02/2007

The New Gramophone by Salsa

Está, pois, inaugurada a minha nova radiola. E, para começar irritando a ala ortodoxa do clube das terças, eu inicio a programação com Miles Davis, em sua fase mais aloprada (anos setenta), mandando ver um som meio frankensteiniano (nem rock, nem jazz) tão ao desgosto do bom e velho Garibaldi. Ouçam, então, o tema Willie Nelson, interpretado ao vivo no Filmore.




Na seqüência, ouçam Roland Kirk, outro aloprado, mas numa fase bastante cool, interpretando o parkeriano Blues for Alice. Vocês perceberão que a gravação é do período em que ele ainda só tocava um instrumento por vez (antes de embarcar na Interprise com o seu primo, o capitão Kirk, rumo às esferas intergaláticas).






5 comentários:

abílio disse...

Que beleza seu novo gramophone Salsa!

Salsa disse...

Obra de mr. Lester, o nosso engenheiro-chefe.

João Luiz disse...

Meus pesames. Voce,Salsa, inaugura sua nova Radiola com um dos "peores" musicos ditos de jazz. Não vi, não ouvi, nem vou ouvir e pretendo solicitar ao Predador para explodir essa sua maldita Radiola.

Vinícius disse...

tb to nessa, não ouvir.

John Lester disse...

Kirk é sempre bem vindo. Já Miles...