23/02/2007

Webster & Mulligan

Ben Webster, ao lado Hawkins e Lester, compôs o triunvirato que dominou o cenário jazzístico do período marcado pelo swing. Dos três, no entanto, ele é o que menos me agrada, mas isso não significa que eu não goste de ouvi-lo. As minhas reticências estão relacionadas à doçura do seu sopro. Às vezes, eu o acho meloso demais, mas isso não acontece sempre. Há, por exemplo, uma gravação feita no bom ano de 1959 que muito me agradou: trata-se do encontro com um representante da geração seguinte - mr. Gerry Mulligan. A pegada cool do baritonista casou como uma luva com o som de Webster. Os dois saxofonistas tecem uma tapeçaria digna de apreciação. A troca de frases, os arranjos, a tranqüilidade com que os dois heróis do jazz lidam com a música tornam as onze faixas que compõem o cd uma obra primorosa. Gostei bastante e vou deixar a faixa Go home no Gramophone by Salsa para que vocês possam compartilhar comigo esse bom momento do jazz.

8 comentários:

Reinaldo Santos Neves disse...

Concordo, Salsa, com tudo que você disse aí sobre Ben Webster e sobre esse disco em parceria com Mulligan. Go Home é um grande blues. Mulligan gravou também o tema, se bem me lembro, com sua Concert Jazz Band.

Descobre pra mim se a ilustração da capa é de um tal de Grant. Lembra muito a ilustração original do lp Dizzy Gillespie Plays Duke Ellington.

Salsa disse...

Prezado Rei,
eu consegui essa capa num sítio espanhol sobre jazz, vinho e literatura chamado www.apoloybaco.com. Lá eu encontrei uma infinidade de capas que ficam à disposição dos navegantes, mas não tem informações adicionais.

olney disse...

... e eu não encontrei a faixa no seu "Gramaphone".

Salsa disse...

Lester, Lester, passa a chave do cofre preu poder postar as músicas, rapá...O povo tá reclamando...

Vinícius disse...

sensacional este disco, a edição da capa colorida, que tem out takes e faixas interrompidas, diálogos, etc, é ainda melhor.

o disco do dizzy, se vc procurar agora, acha, mas com uma outra capa, não com aquela parecida com essa(sem duvida duas imagens do mesmo artista)

Vinícius disse...

quer dizer, acha numa edição japonesa de 30 dólares.

John Lester disse...

Bem, eu não sei vocês, mas já estou ouvindo a faixa aqui em casa... Excelente!

Amanhã coloco no Gramophone By Salsa rsrsrsrs.

João Luiz disse...

Muito bom o Mulligan com o Webster. Apesar de ser um pouco "xaroposo" Ben Webster ,neste dico, está muito bem, com poucos riffs e tremulous. Aliás todas as faixas são ótimas.