27/01/2009

TribOz

Nosso amigo Olney já havia alertado sobre o TribOz e, agora, Mr. Coimbra, Vice-Presidente do Clube das Terças, confirma a boa impressão que vem causando o espaço. Músicos, cantores, compositores e artistas do Brasil e do mundo encontram-se no TribOz, a sede oficial do Brazilian-Australian Cultural Centre (Centro Cultural Brasil-Austrália). TribOz está localizado na Lapa, o tradicional bairro boêmio no centro do Rio de Janeiro. Esta instituição cultural está rapidamente se tornando uma referência nos meios de produção artística. Experimentações musicais contemporâneas, um mundo infinito de improvisação, samba, jazz e bossa nova são algumas das formas musicais que encontramos no TribOz. É uma proposta inovadora, encontrando eco no que chamamos de ‘Novas Expressões Brasileiras’ – New Brazilian Mult-Art Expressions. O espaço dedica-se ao desenvolvimento e apresentações das artes inovadoras. Desde a sua inauguração em 20 de junho de 2008, TribOz acolheu os sons de músicos brasileiros e internacionais como o pianista João Carlos Assis Brasil, Hélio Celso, Alberto Farah, Tomás Improta, Marvio Ciribeli, os guitarristas Dino Rangel, Bernado Ramos, Marcelo Nami, o saxofonista Marcelo Padre (Canadá/Brasil), o baterista Marcio Bahia (Hermeto Paschoal), a guitarrista Julie Bevan (Nova Zelândia), o grupo australiano ‘OzBrazilian’ The View From Madeleine's Couch, e o vocalista, violonista e 'brasilianista', Hans Limburg. O local exibe pinturas e cerâmicas da artista Denize Torbes, que enriquece a casa com sua arte altamente provocadora. TribOz é o lugar onde músicos, compositores, cantores e artistas nacionais e internacionais se encontram, produzindo um trabalho de altíssima qualidade preenchendo as suas mais altas expectativas. Além deste novo patamar para a multi-arte inovadora, você também encontra aqui conforto e qualidade. Venha sentir os ares do Rio antigo e encantar-se com inovações multi-arte. Venha experimentar esta combinação ímpar que não se encontra em nenhum outro ambiente no Rio de Janeiro - expressões brasileiras multi-arte "saídas do forno". Mais informações AQUI.

3 comentários:

thiago disse...

canguru é sinistro!

F. Grijó disse...

Bacana, bacana.
É por essas e tantas outras, JL, que este seu espaço é um sucesso absoluto. Não se pode ficar muito tempo sem aparecer.

Valeu a dica e valeu mais ainda a divulgação. Se a música pudesse falar, ela diria "obrigada!"

Abraço

figbatera disse...

Muito bem, Lester; a casa é mesmo bacana e merece toda a divulgação. É a realização do sonho de meu amigo MIKE RYAN, músico australiano que mora no Brasil há vários anos e que com muita determinação - e recursos próprios - contruiu este Centro Cultural.